Triagem de Materiais Recicláveis | ERSUC


Triagem de Materiais Recicláveis

A ERSUC dispõe de duas Estações de Triagem localizadas nos Centros Integrados de Tratamento e Valorização de RSU de Aveiro e Coimbra. Nas estações de triagem realizam as operações de separação dos resíduos provenientes da recolha seletiva, dos Ecopontos e dos Ecocentros, nomeadamente o papel e o cartão e as embalagens de plástico e de metal.

 

Após descarregados, vão alimentar a linha de triagem e passar por uma separação dos resíduos volumosos. De seguida os recicláveis passam por um equipamento abre-sacos, que coloca todas as embalagens em condições de poderem ser separadas. Os sacos de plástico são separados por processos automáticos e semiautomáticos, enquanto as restantes embalagens passam por um separador balístico, que as divide em três frações: finos, planos e rolantes, posteriormente tratadas em sequências de equipamentos: separadores de metais ferrosos, separadores de metais não ferrosos e separadores óticos por tecnologia de infra-vermelhos.


Estas operações de triagem automáticas são complementadas por ações de triagem manual de afinação. Uma vez separados, todos os produtos passam por um posto de controlo de qualidade, por forma a garantir as especificações técnicas necessárias ao seu encaminhamento para a reciclagem. Produzem-se, fardos dos vários materiais processados, como de cartão, papel e cartão, plástico, entre outros.

 

As unidades de triagem dispõem de capacidades de processamento de 4 toneladas por hora de embalagens plásticas e metálicas e de 8 toneladas por hora de papel e cartão.

 

Cada unidade de triagem dispõe de um Ecocentro, constituído por baias de betão armado para armazenamento de fluxos de materiais recicláveis com destino a entidades gestoras desses resíduos ou de operadores licenciados para a sua valorização (REEE, sucata, madeira e vidro).

 

RECOLHA SELETIVA DE EMBALAGENS

 

A ERSUC é ainda responsável pela recolha seletiva de embalagens em 36 municípios de do Litoral Centro. Este serviço, essencial ao funcionamento das centrais de triagem, é um serviço de proximidade com as populações e assume vários formatos, dada a necessidade de adaptação a cada área geográfica e a cada grupo-alvo: recolha por ecopontos, porta-a-porta ou através de entregas voluntárias.

 

Para o efeito, dispõe de cerca de 13 168 contentores para recolha seletiva em todo o litoral Centro e mantém uma frota de cerca de 30 viaturas de recolha. Este serviço é assegurado com o recurso a sistemas de informação geográfica e às mais recentes metodologias, com o objetivo de otimizar rotas e percursos, monitorizar graus de enchimento dos contentores e garantir níveis de eficiência elevados.

 

A ERSUC também dispõe de 7 Ecocentros, utilizados para deposição seletiva e recolhas específicas de resíduos indiferenciados e resíduos orgânicos.